.

.

sexta-feira, fevereiro 17

Beija Flor no BBB



Depois de serem acordados na sexta-feira passada pela bateria da Mangueira, os participantes agora se deparam com mais uma surpresa carnavalesca. Na área externa, eles recebem a visita da Escola de Samba Beija-Flor.
No jardim, passistas e porta-estandartes dançam e embalam o samba-enredo da escola, enquanto Neguinho da Beija-Flor canta acompanhado da bateria.
Os participantes se empolgam ao som da Beija-Flor. Neguinho faz uma homenagem ao cantor Wando e puxa a canção "Fogo e paixão". Os brothers cantam a letra em coro.
Os confinados nem imaginam que Wando morreu há quase 10 dias, aos 66 anos, em Nova Lima, Minas Gerais.
Neguinho da Beija-Flor puxa o samba "Domingo eu vou ao Maracanã". Os brothers dançam e sambam, cantando em voz alta. No refrão, eles gritam os nomes de seus respectivos times.
Em seguida, Neguinho começa o samba "Mulher, mulher, mulher". Os rapazes se empolgam e vibram.
LaisaRenata e Monique não desistem e seguem se esforçando no samba. As sisters ensaiam passos enquanto Kelly e Fabiana quebram tudo.
Jonas também está animado com .O brother não sai de perto dos ritmistas e faz dupla com Kelly.
João Carvalho se aproxima de uma passista e dá seus passinhos também. Yuri gruda em Laisa e, juntos, dão reboladinhas.
Passista da Beija-Flor chama Rafa para sambar e brother aceita o convite. Meio encabulado, ele se aproxima, cumprimenta a mulata, dá uma dançadinha e reaproxima-se dos brothers.
KellyYuri e Fael beijam a bandeira da escola de samba. Fabiana, como sempre,segue rebolativa pelo jardim com seus passos de rainha de bateria.
O carnaval domina a casa e os brothers não escondem a animação. Yuri tenta sambar, mas logo desiste dos passos.
A Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis se despede dos brothers. “Olha o Big Brotheraí, gente”, grita Neguinho da Beija-Flor. Ainda bastante animados, os confinados se despedem do intérprete, da bateria, das mulatas, da porta-bandeira e do mestre-sala.
Suados de tanto sambar, os brothers se encaminham para a sala da casa e comentam sobre o evento carnavalesco. “Neguinho da Beija-Flor, não tem nem o que falar”, diz Monique. “Na hora que eu vi as mulatas ali, eu fiquei... não conseguia nem olhar”, fala Fabiana exausta. João Carvalho comenta sobre a porta-bandeira Selminha Sorriso e diz que ficou emocionado quando ela o chamou pelo nome.
bora entrar no ritmo: